Publicidade

domingo, 16 de setembro de 2012 NBA | 14:08

BILL RUSSEL AGORA ELOGIA O MIAMI, QUE DEVERÁ TER O LAKERS COMO ADVERSÁRIO NA FINAL DA PRÓXIMA TEMPORADA

Compartilhe: Twitter

Bill Russell, depois de ter rasgado elogios a Joakim Noah, a quem ele considera um dos jogadores que o fazem assistir atentamente a uma partida da NBA, Russell, dizia eu, agora falou sobre o Miami. Disse que o time do sul da Flórida está usando uma estratégia semelhante à de seu Boston Celtics. Seu Boston que na verdade era também do técnico Red Auerbach (ambos na foto acima), o grande mentor daquele esquadrão que formou a maior dinastia da história da NBA.

O C’s de Russell, se você não sabe ou se esqueceu, ganhou nada menos do que 11 títulos. Era uma máquina de jogar basquete. Quer dizer: segundo a visão deste que para muitos é o segundo maior jogador da história da NBA (atrás apenas, obviamente, de Michael Jordan), o Heat está no caminho certo.

E no que consiste a tática do Miami? Contratar veteranos para gravitarem ao lado de seu núcleo, composto pelos Três Magníficos: LeBron James, Dwyane Wade e Chris Bosh. Mas ele alertou: é preciso contratar os jogadores corretos; caso contrário, se eles não se engajarem no projeto (como costuma dizer Wanderley Luxemburgo), tudo se rui.

Há pelos menos três grandes jogadores permeando os Três Magníficos: Shane Battier (que completará sua segunda temporada), Ray Allen (campeão em 2008 com o C’s) e Rashard Lewis (um vice-campeonato com o Orlando em 2009).

O Miami está realmente muito forte. E pelo que vejo, parece-me o único time capaz de competir com o Lakers de Kobe Bryant, Pau Gasol e Dwight Howard em pé de igual; ou melhor, vejo o Heat num patamar acima em relação ao Lakers e isso se deve à presença de um jogador: LeBron James.

LBJ superou o trauma de “morrer na praia”. Ganhou o anel de campeão na temporada passada, conquistou sua segunda medalha olímpica em Londres e está cheio de moral. E de saúde também. É, sem dúvida alguma, o grande jogador da NBA na atualidade.

Sinceramente? Acho mesmo muito difícil que algum jogador da NBA no momento consiga suplantá-lo. Nem mesmo Kobe, que tenta provar que não está no ocaso de sua carreira.

A adição de D12, todavia, dará nova vida ao Lakers; e igualmente a Kobe e a Gasol também. Os dois irão se beneficiar de sua imponência no garrafão ofensivo. E no defensivo, D12, todos nós sabemos, é uma máquina de defender.

Aqui pode estar o calcanhar de Aquiles do Miami em relação ao Lakers. CB1, ao que tudo indica, será o pivô do time nos playoffs. Erik Spoelstra vai usar pivôs de ofício durante a fase de classificação, mas quando os playoffs chegarem, ele deverá passar Bosh para o pivô, usando LBJ, Battier e Lewis como ala de força (LBJ nem tanto), como, aliás, ele fez no campeonato passado.

Com isso, eu fico aqui matutando: CB1 terá forças para atacar o garrafão do Lakers com D12 lá dentro? Acho difícil; é como dar murros em ponta de faca, perdoem-me o clichê, mas ele é bem apropriado à situação. E o que CB1 tem que fazer? Abrir; ou seja: jogar aberto, tirar D12 de sua zona de conforto, obrigá-lo a correr. D12 é ágil, mas não sei se ágil o suficiente para marcar CB1 fora do garrafão.

Por isso, se o Miami, em uma provável final de NBA contra o Lakers, quiser machucar o time californiano, CB1 terá que ser esperto ofensivamente.

Mas e defensivamente? Bosh não tem a menor condição de marcar Dwight.

O Miami procura Susan desesperadamente; isto é, tenta encontrar outro pivô para ajudar Joel Anthony e Dexter Pittman, os dois únicos de ofício com contrato com a franquia. Falou-se naquele pivô de Kentucky que jogou a temporada passada pelo New York e que agora eu não me lembro o nome. Há Udonis Haslem, corajoso, mas ele é uma migalhinha perto de D12.

Portanto, como disse, o calcanhar de Aquiles do Miami está em encontrar soluções para driblar a presença de Dwight Howard. Gasol não é tão problemático assim, pois CB1 e Udonis vão brigar de igual para igual com ele. E Kobe será vigiado por LeBron e Battier.

Vamos inverter a análise? Vamos analisar o quadro do ponto de vista do Lakers?

Quem vai conter LBJ? Metta World Peace? Boa resposta; MWP é forte, valente e seu jogo mental é muito interessante. Não chega a ser um Dennis Rodman, pois ele, no calor de um embate, às vezes costuma perder as estribeiras. E quando isso acontece, ele prejudica o time. The Worm não fazia isso. Por isso também, para mim, ele é o maior PF que vi jogar e o maior na história da NBA. Minha opinião; ponto final; ninguém vai mudá-la. Portanto, não gastem saliva.

Voltando ao embate entre MWP e LBJ, o velho Ron-Ron pode ajudar a minar King James. Kobe? Nem pensar; Black Mamba tem que vigiar D-Wade. Por falar em Dwyane, será ele o encarregado de marcar Steve Nash? É… tem Nash também, como eu me esqueci? Quem vai marcá-lo? LBJ? LBJ não é onipresente — nenhum ser humano é, apenas Deus.

Portanto, se LBJ for marcar Kobe, alguém terá que grudar em Nash. Ou será que Spo vai deixar Shane em cima de KB e LBJ na cola do canadense? É, pode ser uma alternativa.

Mas voltando a LeBron, eu pergunto: e quando MWP cansar ou ficar carregado com faltas? O que fazer? Não há o que fazer, pois o Lakers não tem ninguém mais no elenco capaz de marcar LBJ. Nem Kobe. Kobe é bom para marcar D-Wade, esses shooting guards. Vigiar alas ele tem dificuldades, pois: 1) não tem tamanho; 2) está em declínio físico.

Se D12 é um problema para o Miami, LBJ será um tormento para o Lakers.

Enfim, rapaziada, neste domingo de muito sol, cerveja gelada, eu apenas comecei a conversar. Espero que vocês deem sequência ao assunto. Aguardo ansiosamente pelas mensagens.

Autor: Tags: , , , , , , , ,

13 comentários | Comentar

  1. -7 Maurilei 26/09/2012 14:30

    Creio eu que esta temporada 12/13 será muito disputada, e na minha opinião o Heat leva novamente, mas não ficarei surpreso se o Lakers ou Thunder levar esse anel, e tem ainda o Spurs e o Celtics que podem chegar lá, ahhh… te, ainda o Bulls e o Clippers podem dificultar também. Efim, façam suas apostas rsrs. Começa loooogo NBA !!!. Abraço a todos.

  2. -8 raphael 23/09/2012 13:27

    alguém pode me explicar o que é pf?

    • Fábio Sormani 23/09/2012 13:39

      Raphael
      Power Foward = ala-pivô ou ala de força.
      Abs.

  3. -9 Robson Fernandes 18/09/2012 8:51

    Já que falamos em outros posts que Kobe tem que comer muito arroz e feijão para chegar em MJ, qual era ou é a distância entre Bill Russel e Michael Jordan na sua visão Sormani?
    Abs!

    • Fábio Sormani 18/09/2012 11:48

      Robson
      Não consigo mensurar isso.
      Abs.

  4. -10 Felipe 17/09/2012 15:42

    Vcs estão esquecendo de 1 coisa.. em uma hipotese de final Lakers e Heat .. o diferencial será experiencia, é ai que por incrivel que pareça… um tal de Kobe Bryant PODE dominar o jogo..pode ser marcado por qualquer um.. que irá dominar o jogo.

    O Miami tem um bom time,perdeu pro improvavel Dallas e depois ganhou de um inexperiente OKC, este ano é o teste de fogo para sabermos se o Miami é ou não digno de ser um dos melhores times da Nba.

    Sormani,que acha se o Wade ao fim do contrato se unir a D-Rose no Chicago ? hmm
    Esses 2 somados á mais um pivô de qualidade seria um baita time .

    Absss

    • Fábio Sormani 17/09/2012 17:43

      Felipe
      Mta água vai rolar por debaixo da ponte. Se o Miami ganhar outro título, não creio que D-Wade deixe a Flórida.
      Abs.

    • Felipe 17/09/2012 15:43

      Felipe Botucatu! fALTOU O BOTUCATU! Pra Saber que sou eu!!!!!!!

  5. -11 marcos gordinho 17/09/2012 15:10

    Boa analise Sormani mas acho que Wade foi menosprezado no texto. Nessa temporada o Lakers ira acertar as peças dificilmente tera um record de vitorias para ostentar mas o fato da temporada ser longa fara o time chegara azeitado aos playoffs e nos playoffs o Lakers se faz perigoso por demais principalmente se “poupar” suas peças. O Heat ja visualiza as dificuldades no garrafao e tem se fortalecido no perimetro (vide Allen) alem de Wade destacar uma atençao maior as bolas de meia distancia nos treinamentos. Wade conseguiu tirar uma lasca do premio de MVP das finais de Shaq. Kobe nunca foi MVP das finais quando o Grandao estava no Lakers. Muitos consideram o jogo de Kobe e Wade parelho com mais enfase para os arremessos de media e longa de Bryant. Defensivamente Wade sabe o que tem que fazer e poderia atrapalhar a vida de Nash como fez com Rondo nos playoffs da temporada 2010-2011. O fiel da balança podera vir do banco. Embora admire o Thunder torço por uma final entre Lakers e Heat pois ai reside o melhor da NBA e as duas vertentes do basquete que traçarao o futuro dos esquemas taticos. De um lado uma equipe com posiçoes bem definidas (armador ala e pivo) do outro uma equipe sem posiçoes definidas que atuam com jogadores em posicionamento flexivel. Alguem lembra do embate do futebol arte brasileiro contra o futebol metodico e defensivo europeu a duas decadas atras?

  6. -12 Márcio Monteiro 17/09/2012 13:19

    Sorma

    O Lakers ta igual, trocou um grande pivô por outro grande pivô, e trocou um armador veterano por outro armador veterano, que se pese a qualidade dos que estão chegando o problema continua o mesmo, o Lakers continua sem banco e sem 3-point shooter, coisa que Oklahoma e principalmente Miami tem sobrando, desse jeito acredito que o Lakers vai fazer a mesma campanha do ano passado, e veja falo isso como torcedor do Lakers.

  7. -13 Marcos 17/09/2012 12:48

    Eu concordo com o Sormani, Lakers x Miami – NBA Finals!!!

  8. -14 Juninho Stockler 17/09/2012 12:32

    Sormani,

    Na minha opinião pra jogar com o Lakers o miami deve jogar com um pivozão de oficio.

    Não dá para Lebron Marcar Pau Gasol , esse matchup não daria certo pro ala do Miami.

    Basta ver o q aconteceu no jogo entre Lakers e Miami nesta temporada em que o Miami adotou essa tática. Pra mim o Lakers é o único time em que essa tática do miami nao funcionara em função de ter jogadores mais altos no garrafão.

    Tem q jogar CB1 e mais um pivo contra o Lakers.

  9. -15 Jean 17/09/2012 11:05

    Acho que um dis fatores principais na definição destes times para a final será a saúde do Lakers. Se Kobe e Howard estiverem bem fisicamente, o time certamente irá para a final da conferência. Talvez a coisa não ande as mil maravilhas no início por falta de entrosamento, mas na bola os craques vão se entender.

  10. -16 Italo Kael 17/09/2012 10:25

    Bom dia Sormani,

    Tambem to crendo que essa sera a final desse ano Lakers vs Miami, mas aposto no Oklaroma e San Antonio por fora. Mas quem esta montando um time legal e o Minessotta, pois agora conta com o Rubio, Love, Barea, Kirilenko, Derrick Willians que parece ser um otimo jogador e Alem de trazer de volta o meu jogador favorito da NBA Brandon Roy, que considero um dos melhores ou se nao o melhor finalizador da Nba. Entao Sormani, com todas essa contrataçoes e se o Minessotta montar um bom conjunto que de liga, onde vc acha que eles pode chegar dentro do campeonato????

    Abraços, parabens pelo Blog.

    • Fábio Sormani 17/09/2012 11:22

      Italo
      Acho que se classificam para os playoffs. Isso se Brandon Roy jogar, claro.
      Abs.

  11. -17 Daniel 17/09/2012 9:53

    Respeito a opinião do Sormani, gastarei pouca saliva…Pra mim Rodman fica MUITO atrás de Tim Duncan (pra mim o maior, não há como comparar os 2 nem minimamente) e Karl Malone.

    E ainda fica atrás de Barkley, Garnett, etc…

    Tudo bem que Rodman era exímio reboteiro, marcador, etc, desestabilizava os rivais, mas Duncan e Malone sobretudo estão anos luz na frente. Minha opinião apenas. abs

  12. -18 Raphael Vieira 17/09/2012 8:49

    O Nene cairia mt bem no Miami, ele é a peça que falta ! Pena que ainda ficara alguns anos la no Wizards. Sormani não sei não se o Boston chega as finais do Leste de novo … O NY vem forte acho que se cruzar com o Boston pode ganhar, sem o Ray Allen até um Indiana que tem um elenco jovem ganhando experiencia pode surpreender o Boston. Temos que lembrar que o Boston suou para ganhar do Sixers na ultima semifinal …

    • Fábio Sormani 17/09/2012 9:41

      Raphael
      Não apostou nem um tostão furado no NYK.
      Abs.

  13. -19 Gustavo Arruda 17/09/2012 2:53

    Vamos com calma, Sormani.

    O Lakers, apesar de um quinteto fantástico no time titular, tem uma rotação ridícula e ainda está um passo atrás de um entrosado e ainda forte Oklahoma City Thunder. Portanto, falar que a final será Lakers x Heat é um pouco precipitado demais.

    E mesmo em um enfraquecido Leste, olho no Celtics. Um time todo remendado, com desfalques, fez uma final de conferência fantástica contra o Heat, que penou barbaridade para vencer, até mais do que contra o OKC. E agora, com a melhor rotação da NBA (exceto, claro, o garrafão enfraquecido por ausência de um pivô de origem), pode dar muito trabalho ao tão badalado Heat. Portanto, é cedo demais para fazer previsão. E ainda mais que basquete lida muito com o imponderável.

    Abraço.

    • Salerme 17/09/2012 10:15

      Gustavo,

      Hoje não concordo que o Lakers tenha uma rotação ridícula. Veja bem, no final da temporada passada o Lakers teve 2 achados, apesar da tragédia que foi o fim da temporada: achou o Ebanks e o Jordan Hill. O Ebanks foi muito, mas muito bem. Bom marcador, ágil e muito rápido. Talvez não seja forte como o ARtest e por isto talvez não seja páreo para o LBJ, mas é ótimo marcador, além de ter funcionado razoável em contra ataques, o que será potencializado com o Nash no time. Aliás, acho que o Lakers não fez força nenhuma para ficar com o Barnes ou trazer o Grant Hill porque o trabalho do Ebanks se mostrou confiável. Aliás, como ele lembra o Ariza. Além dele, o Jordan Hill surpreendeu a todos: bom jogo físico no garrafão, bom reboteiro. Excelente reserva. Além desses caras, o time trouxe o excelente Antwan Jamimsom, que, apesar de veterano, me pareceu muito inteiro no Cavs ano passado e o Jodie Meeks, jogador jovem atlético e que tem bom arremesso de longa distância. Enfim, uma rotação com Steve Blake (que eu não engulo, confesso), Jodie Meeks, Ebanks, Jamimson e Jordan Hill é respeitável. Aliás, a melhor dos Lakers em muuuuuuuito tempo. Aliás, o time bi campeão só tinha vantagem porque tinha o Lamar Odom (aliás, que saudades do Candy Man…).

    • Fábio Sormani 17/09/2012 9:40

      Gustavo
      Miami 4-1 OKC…
      Abs.

  1. Primeira
  2. 1
  3. 2
  4. Última
  5. ver todos os comentários

Os comentários do texto estão encerrados.